Aracaju, 20 de Setembro de 2019
Buscar no Site
Facebook Twitter Youtube RSS Fórum News
acessorestrito_topic
img_137756191992.jpg

27/08/2015 - Fórum Empresarial debate ações para fortalecimento do setor produtivo

Reunidos na tarde da última terça-feira (25), durante reunião-almoço do Fórum Empresarial de Sergipe, representantes de entidades debateram ações conjuntas visando traçar diretrizes que fortalecem a luta do setor produtivo.


Um dos temas debatidos durante a reunião, foi o anúncio feito pelo DNIT, na última semana, sobre o início das obras para a recuperação do quilômetro 94 da BR-101, entre as cidades de Nossa Senhora do Socorro e São Cristóvão, sendo inclusive destaque na mídia nacional, quando empresários fizeram um bolo cenográfico e foram ao local cantar os parabéns na data em que se comemorava 1 ano do incidente, sem nenhuma mobilização do poder público. Como forma de fiscalizar o início da obra prevista para o dia 8 de setembro, uma caravana liderada pelo Fórum Empresarial, irá até o local conferir o momento tão esperado.
Segundo o empresário, Alexandre Porto, o anúncio da obra, mesmo que não tenha sido comunicado ao Fórum, mostra que a mobilização feita surtiu efeito, apesar da demora. “Estamos felizes com o anuncio do DNIT, mesmo sem termos sidos comunicados oficialmente. Essa atitude só reforça a importância da união do setor produtivo em prol das melhorias para o estado”, declarou Porto.


Uma agenda de cobranças à Prefeitura de Aracaju no que diz respeito a cobrança de IPTU e a Taxa de Publicidade também foram debatidas pelos empresários. De acordo com o presidente do Sindicato das Empresas de Segurança Privada de Sergipe (Sindesp), Marco Aurélio Pinheiro, “a união das entidades empresariais seguida de mobilização, para cobrar o quanto antes alguma resposta da Prefeitura, pode levar à revisão dos valores cobrados pelo IPTU”, disse Pinheiro.
Já sobre a cobrança da taxa de publicidade, os presidentes da Associação Comercial e Empresarial de Sergipe (Acese), Wladimir Torres, e CDL, Brenno Ribeiro, informaram que as entidades acionaram o setor jurídico a fim de tentar uma prorrogação no prazo de pagamento da nova cobrança. Decididos, os representantes se mobilizaram afim de formar uma comissão empresarial que levará à Prefeitura, demandas específicas, estabelecendo um prazo de 30 dias para iniciar as tratativas.


O setor produtivo sergipano também decidiu a necessidade de se envolver nos debates do Plano Diretor, já que alguns dos pontos afetam diretamente a atividade econômica. Para isso já convidaram o Secretário de Planejamento do Município de Aracaju, Igor de Albuquerque, para apresentar os principais pontos sobre o Plano Diretor, para a partir daí, o Fórum contratar uma consultoria e estudar o assunto visando propor melhorias e soluções em temas que afetem as atividades das empresas.


O Fórum Empresarial decidiu também apoiar a Lei anticorrupção, somando-se a todos os atos e investigações, sejam elas no estado de Sergipe ou no cenário Nacional. Em Sergipe especificamente, o Fórum discutiu o recente caso do desvio da merenda escolar e também das verbas de subvenções da Assembleia Legislativa, passando a apoiar integralmente as ações do Ministério Público Estadual na investigação de casos como estes. “O setor empresarial entende que o erro de alguns empresários não pode penalizar a maioria que luta e promove o desenvolvimento do estado e do país.’’, comentou o empresário, Alexandre Porto.
Como forma de envolver as entidades empresariais na promoção da valorização do pequeno empresário, o representante do Sebrae/Se, José Leite, finalizou a reunião apresentando aos presidentes o movimento “Compre do Pequeno Negócio’, que no dia 05 de outubro terá a sua data lembrada em todo o país, visando valorizar os pequenos negócios que vêm gerando emprego e renda para tantos brasileiros.


As reuniões do Fórum Empresarial de Sergipe ocorrem quinzenalmente, no Hotel Radisson, sendo uma reunião com a apresentação de um palestrante convidado e a outra de caráter interno para a tomada de decisões e deliberação de providências como as que serão tomadas a partir de agora a exemplo do Plano Diretor, a cobrança de impostos e a Lei anticorrupção, definidas nesse último almoço.

Ver outras notícias »

Fórum Empresarial de Sergipe

Rua José do Prado Franco, 557
Centro - CEP 49010-110 - Aracaju-SE
Telefone: (79) 3205-9767

apoio_sebrae
apoio_sebrae
Facebook Twitter Youtube RSS Fórum News
logo_agw